terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Estrela de corpo inteiro,nua e pálida no imenso escuro.

Grande corpo maior que o meu corpo,formando voltas na cama e signos no céu.

Marcando destinos terrenos,bebendo o amor dos amantes,matando e morrendo no sol.

Menina brilhante sem dono,guarda o beijo que te mandei...